Páginas

16 de janeiro de 2012

Momento de Leitura: David Machado / True Blood / Harry Potter

Há imenso tempo que não publicava nada nesta rubrica. Depois de "Deixem falar as pedras" do David Machado, li mais dois do mesmo autor:

"Um dia dois forasteiros chegam à aldeia de Lagares, isolada no meio das serras, lá nos confins do Minho. Um dos forasteiros era de estatura colossal, a quem logo chamam o Gigante, mas que na realidade tem por nome Thomas, o outro era Eunice, uma mulher pequena de cabelos cor de fogo que dentro em breve daria à luz dois gémeos. Ele, originário de um incerto país latino-americano, é um grande contador de histórias tão verdadeiras quanto inesgotáveis e que fazem as delícias dos habitantes de Lagares. Um dia, porém, o Gigante adormece e o seu sono prolonga-se por meses, anos, mas continua a contar as histórias com que vai sonhando. Nessa espera interminável, Eunice decide anotar por escrito tudo o que sonha aquele homem que ama e que tanto a fascina. E será a partir daí que as coisas seguirão um novo e extraordinário curso, mudando para sempre a vida daquela gente. Este é o primeiro romance de David Machado, uma obra inovadora, que abre caminho a um novo imaginário no espaço da literatura portuguesa. "

A história do Fabuloso Teatro do Gigante é cativante do inicio ao fim.


"Os homens e as mulheres destes contos, não possuindo existências fantásticas, têm as suas vidas penduradas algures nos limites da realidade. E o mundo, tal como o conhecemos, permite estas histórias. Porém, é o mero facto de serem contadas que as torna possíveis. Cada um destes dezasseis contos tem o seu narrador particular, alguém presente na história e testemunha de tudo, que ainda assim não participa nos acontecimentos."

Gosto bastante de livros de contos. Várias histórias num livro, é o ideal para levar em viagens.


Há uns meses atrás não se falava de outra coisa na blogosfera, a não ser da nova série "True Blood", e senti-me um pouco desactualizada, pois não fazia a menor ideia do que se tratava... Pesquisei e vi que era uma série de vampiros e também existia livros, como tinha adorado a saga Twilight, aproveitei a feira do livro e comprei os dois primeiros livros desta saga, Sangue Fresco e Dívida de Sangue.


Mas (sei que vou perder seguidores ao confessar isto) não gostei. Acho que estava à espera que a história fosse parecida com a da Bella e do Edward... Não gostei do enredo, não gostei da personagem principal, achei-a demasiado vulgar...
Nem consegui ler a Dívida de Sangue até ao fim. Talvez dê uma nova oportunidade ao livro, pois não gosto de deixar livros por terminar, e mude de ideias...





Há mais ou menos uns 10 anos atrás li o primeiro livro do Harry Potter. Li toda a colecção e lembro-me perfeitamente quando saiu o ultimo livro, não querer acaba-lo, pois queria que a história se prolongasse... :)
Enfim, este verão, durante a feira do livro decidi comprar dois livros do Harry Potter (os livros que tinha lido inicialmente eram emprestados) para ver se o entusiasmo era o mesmo.
E continuo fascinada por aquela história de feiticeiros. Agora tenho que comprar o resto da colecção :)

Quem daqui gosta do Harry Potter? Já leram alguma coisa do David Machado?
E há por aqui alguém que também não goste de True Blood?

5 comentários:

Andy disse...

Eu AMO o HP :) *

MartinhaMakeupLover disse...

Gostei das dicas!

Edu disse...

Estamos em pé de igualdade no que diz respeita ao número de livros do David Machado. O primeiro a ler o «Tubarão na Banheira» e a «Mala Assombrada», ganha o prémio de melhor fã. :)

Gi disse...

Edu, desafio aceite :)
Mas vai ser difícil, sabendo que o tubarão na banheira é quase impossível encontrar à venda :S
Beijito

HoneyInTheSunshine disse...

Adoro o Harry Potter! Já devorei todos os livros pelo menos 3 vezes. Tenho em português e em inglês, porque quando saíam não aguentava esperar pela tradução. Quando saía a versão portuguesa lá tinha de fazer o "esforço" de os ler de novo =p

Ao contrario de ti, gosto muito do True Blood, mas confesso que é devido à série e não aos livros.

;)